Support & Downloads

Quisque actraqum nunc no dolor sit ametaugue dolor. Lorem ipsum dolor sit amet, consyect etur adipiscing elit.

s f

Contact Info
198 West 21th Street, Suite 721
New York, NY 10010
youremail@yourdomain.com
+88 (0) 101 0000 000
Follow Us

Sangria de Caixa: o que é e para que serve?

A gestão de um negócio varia de acordo com cada tipo de empresa, pois cada empreendimento dispõe de um próprio plano de negócios – que é a base para a tomada de decisões no dia a dia. As práticas de gestão são variadas e compreendem todos os setores do estabelecimento, ou seja, desde a forma como o caixa será administrado até a gestão de estoque, futuros investimentos e expansão.

Um dos principais pontos que influenciam diretamente na gestão do negócio é a forma como o fluxo de caixa será encarado. Ele é o registro de tudo que entra e tudo que sai do caixa da empresa durante um determinado período. Fazer o acompanhamento, bem como, definir como se darão as retiradas de receitas do caixa, são dois assuntos de extrema importância para uma boa saúde financeira do negócio.

O saque desse dinheiro pode ocorrer por diversos motivos. Um dos principais são os imprevistos, ou seja, faltou dinheiro para cobrir alguma operação ou realizar algum pagamento da empresa, então, usa-se parte das receitas do caixa. Por outro lado, o negócio pode estar faturando muito além do que era esperado naquele período, assim, visando proteger essa receita extra de futuras perdas, o gestor decide fazer uma retirada. Além disso, existem os saques programados, que são feitos em qualquer negócio, afinal de contas parte do lucro está no caixa e a empresa precisa fazer o recolhimento desse valor.

O que é sangria de caixa?

A sangria de caixa nada mais é do que uma retirada de dinheiro do caixa sem que isso tenha sido planejado. Como destacado, é possível que no dia a dia da empresa aconteçam imprevistos como, por exemplo, a falta de algum insumo ou item no estoque que necessita de reposição imediata. Dessa forma, é feita uma retirada – que não estava programada – para que o problema seja solucionado.

Além disso, essa retirada não programada também pode ser realizada em um período onde o faturamento esteve bastante acima da média. Logo, para não ficar com muito dinheiro em caixa, até mesmo por uma questão de segurança, é feito um saque antecipado antes do final do expediente, por exemplo. Em geral é mantido apenas o valor suficiente para que seja possível repassar o troco para os clientes.

Sendo assim, a sangria de caixa serve tanto para fazer o balanço financeiro mais adequado (desde que o valor da retirada seja devidamente registrado) quanto para cobrir pequenos gastos não planejados e, até mesmo, aliviar um pouco o caixa.

Como fazer sangria de caixa?

Como a sangria é um saque do caixa antes do final do expediente, as retiradas podem ser feitas de acordo com as necessidades e os parâmetros estabelecidos pela empresa. Porém, é importante destacar que, para que tudo ocorra da maneira correta e com responsabilidade financeira, é preciso que todas as retiradas sejam devidamente registradas. Ainda que isso ocorra fora do período planejado, será preciso fazer o registro para fins de gestão e comparação no final do expediente. Esses dados fornecem informações a respeito da lucratividade do negócio e não podem ser negligenciados.

Mesmo que essa seja uma retirada inesperada, é preciso que haja um padrão durante o procedimento. Ou seja, o gestor deve definir todo o processo que precisa ser cumprido para a retirada, seja ela programada ou não. Isso inclui o registro de quanto foi tirado, quanto havia inicialmente no caixa, a lucratividade obtida até o momento da retirada, bem como o armazenamento do dinheiro em um local seguro, além de destacar a finalidade da retirada. Essas informações servem de métrica para retiradas futuras, bem como análise do desempenho da empresa em termos de receitas.

Gálago

Automatizar as retiradas do caixa será algo simples com o uso do Sistema de Automação Comercial Gálago. Essa é uma das ferramentas mais completas do mercado e ideal para ajudar a empresa a crescer e dar mais lucro. São mais de 150 relatórios gerenciais, além dos módulos exclusivos que auxiliam na gestão do negócio.

Para mais informações é só acessar aqui: https://www.galago.com.br/.