Support & Downloads

Quisque actraqum nunc no dolor sit ametaugue dolor. Lorem ipsum dolor sit amet, consyect etur adipiscing elit.

s f

Contact Info
198 West 21th Street, Suite 721
New York, NY 10010
youremail@yourdomain.com
+88 (0) 101 0000 000
Follow Us

Saiba mais sobre os tipos de notas fiscais e quando emitir

O sistema tributário brasileiro é extremamente complexo e abrange diversos tipos de notas fiscais diferentes, com regras e normas de emissão variadas. Por isso, é imprescindível que se conheça melhor esse sistema, afinal, quando se fala em tributação, qualquer falha pode acarretar graves consequências.

Veja algumas principais notas fiscais:

Nota Fiscal Eletrônica – NF-e

É um documento fiscal gerado, emitido e armazenado de forma completamente eletrônica, eliminando a necessidade de impressão e gasto de papel, e simplificando todo o processo de preenchimento/emissão, além de proporcionar muito mais segurança com a certificação digital.

É utilizada para registrar a venda de produtos físicos de uma empresa e deve ser emitida todas as vezes em que houver transação comercial, mostrando quando e onde a venda foi realizada. Juntamente com a Nota Fiscal Eletrônica, deve ser emitida a DANF-e, documento auxiliar da nota que deve conter sua chave de acesso.É importante ressaltar, também, que a NF-e não deve ser emitida no caso de venda de produtos digitais e infoprodutos, como cursos, e-books e videoaulas. Ela se restringe à comercialização de produtos físicos.

Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica – NFC-e

Assim como a NF-e, ela é um documento completamente digital e foi criada para documentar operações de venda ao consumidor final, seja pessoa física ou jurídica não contribuinte.

Seu intuito é justamente informatizar a emissão do cupom fiscal para comércio e varejo, e deve ser emitida em todas as transações comerciais nas quais ele seria necessário, como operações de venda comercial e de entrega a domicílio.

Juntamente com a NFC-e também deve ser emitido o DANFC-e, documento auxiliar com uma representação gráfica simplificada da nota com as informações do estabelecimento e da compra.

Nota Fiscal de Serviço Eletrônica – NFS-e

O setor de prestação de serviços também teve seus processos fiscais simplificados através da Nota Fiscal de Serviço Eletrônica(NFS-e), que serve para formalizar a prestação de serviços e a venda de bens intangíveis, como é o caso dos infoprodutos.

Uma das principais características da NFS-e é a sua flexibilidade, podendo ser emitida por praticamente qualquer prestador de serviço, como hotéis, cursinhos, academias, escolas, MEIs dos mais diversos setores e autônomos, como publicitários, jornalistas, etc.

Sua emissão deve ser feita sempre que houver prestação de serviço, podendo ser feita a descrição de vários serviços diferentes em uma mesma nota, desde que relacionados a um mesmo item da Lista, de mesma alíquota ou para um mesmo tomador.

A importância de uma boa gestão dos diferentes tipos de NF

Com tantos tipos diferentes de notas fiscais, com regras e normas variadas, é fundamental realizar uma boa gestão fiscal dentro da empresa, tanto para se manter em dia com o Fisco quanto para evitar a perda de tempo e de recursos gerindo os documentos. Apesar da modernização e simplificação trazida pelo formato digital, sem uma boa gestão fiscal fica muito fácil se perder no meio da “papelada”, o que pode gerar uma série de consequências.

Assim sendo, o investimento em um sistema emissor de NF é imprescindível, independentemente do tamanho do negócio ou setor de atuação. O Gálago dispõe de um sistema de automação comercial completo que simplifica todo o processo de emissão e gerenciamento de notas fiscais dos mais diferentes tipos, incluindo aqueles abordados durante o artigo e outros, como o SAT-CFe e o MDF-e.

Além disso, ele pode ajudar a gerenciar todo o setor financeiro da sua empresa, com mais de 150 relatórios que abordam desde a gestão de estoque até o fluxo de caixa. Clique aqui e saiba mais.