Support & Downloads

Quisque actraqum nunc no dolor sit ametaugue dolor. Lorem ipsum dolor sit amet, consyect etur adipiscing elit.

s f

Contact Info
198 West 21th Street, Suite 721
New York, NY 10010
youremail@yourdomain.com
+88 (0) 101 0000 000
Follow Us

Dicas para realizar um bom inventário de estoque

Planejamento e gestão eficientes são conceitos importantes para todos os setores de um negócio. E um dos pontos que mais precisam de gestão eficiente e planejamento é o estoque.

Se não há um controle eficiente daquilo que entra e sai do estoque é muito provável que a empresa começará a ter prejuízo. Os problemas decorrentes disso são vários e vão desde a perda de receitas na empresa até a falta de itens.

Dessa forma, trabalhar com um inventário de estoque é a forma mais segura para evitar desperdício, produtos com baixa rotatividade, perda por causa do prazo de validade e déficits no caixa.

O que é um inventário de estoque?

Trata-se de uma lista de bens, materiais ou quaisquer outros itens que estão alocados no estoque. Essa lista pode ser feita manualmente por meio de uma planilha ou a empresa pode utilizar um software de automação para aumentar o controle e gerenciamento.

Quando uma empresa deve fazer um inventário de estoque?

A montagem do inventário de estoque dependerá da demanda da empresa e das características do estoque do negócio. Portanto, o inventário pode ser semanal, bimestral, trimestral, etc.

Essa prática deverá ser adotada pela empresa assim que os gestores perceberem que há uma dificuldade quanto ao controle daquilo que está entrando e saindo do estoque. Desse modo, se existem muitos produtos e mercadorias paradas no estoque, baixas não registradas, compras feitas no momento errado ou atrasos em entregas, chegou a hora de montar um inventário.

Quais os tipos de inventários de estoque?

Além disso, é muito importante compreender quais são os tipos de inventários para que seja possível definir o melhor modelo de acordo com as necessidades. Abaixo estão listados os três principais tipos:

  • Rotativo: a checagem e a contagem de itens devem ser feitas a partir de uma frequência determinada pelos gestores. Ou seja, os dados serão atualizados sempre de acordo com um período pré-estabelecido seja ele diário, semanal, mensal, etc.
  • Cíclico: também é um inventário periódico, porém, voltado à atualização do volume de mercadorias e produtos em estoque para serem cruzados com informações que constam nos lançamentos contábeis.
  • Anual: fornece uma base de dados para o balanço anual da empresa (janeiro a dezembro) fazendo a análise do estoque sempre no final do ano fiscal.

Dicas para montar um inventário de estoque

A primeira dica é escolher o momento correto bem como o melhor tipo de inventário para as necessidades da empresa. Fazer o inventário em dias de muitas entradas e saídas no estoque, por exemplo, é uma escolha que pode trazer problemas.

Uma dica importante está na padronização e categorização de produtos. Para isso, é preciso separar todos os produtos de acordo com categorias e subcategorias levando em consideração a finalidade e características de cada produto.

Além de contar e mapear todos os itens do estoque também é desejável reservar tempo para organizar o espaço físico que contém o estoque. Se o espaço não for bem utilizado, será muito difícil organizar os produtos para ter fácil acesso quando for necessário e, consequentemente, os esforços para criação do inventário serão vão.

Para que o inventário seja capaz de mapear tudo aquilo que consta no estoque é preciso fazer uma contagem detalhada de todos os itens e cada empresa pode desenvolver o seu próprio método de contagem. Recontar e conferir os resultados são etapas fundamentais para eliminar possíveis erros.

Gálago

Uma ótima forma de montar um inventário de estoque realista é por meio de um sistema de automação comercial como é o caso do Gálago.

Completo, interativo e recheado de ferramentas, esse software auxilia empresas a crescerem e serem lucrativas. Dentre as várias ferramentas se destacam o controle de estoque via curva ABC, bem como os dados que determinam a melhor época para abastecer o estoque.

Para mais detalhes, basta acessar o site.