Support & Downloads

Quisque actraqum nunc no dolor sit ametaugue dolor. Lorem ipsum dolor sit amet, consyect etur adipiscing elit.

s f

Contact Info
198 West 21th Street, Suite 721
New York, NY 10010
youremail@yourdomain.com
+88 (0) 101 0000 000
Follow Us

Como aumentar os lucros abrindo uma filial

Expandir um negócio é um caminho natural para quem está em busca de mais destaque no mercado, enfrentar novos desafios e começar a fortalecer ainda mais a marca do negócio. A principal alternativa, neste caso, é optar pela abertura de uma filial da empresa. Esse é um passo importante quanto ao fortalecimento do negócio, pois as grandes empresas que estão dominando o mercado nas últimas décadas estão todas espalhadas e não concentradas em um único lugar.

Além de atrair novos clientes e conquistar outros mercados consumidores, uma filial também será fundamental quando o assunto é o aumento da lucratividade. Com uma unidade a mais da empresa, desde que tocada com o mesmo padrão de qualidade da matriz, é possível conseguir um maior número de receitas e, se tudo for feito da forma correta, a lucratividade no final do mês está garantida.

Quais os primeiros passos para abrir uma filial?

O planejamento sempre deve fazer parte desse tipo de decisão. Logo, é necessário analisar os impactos nas receitas e se eles são bons o suficiente para fazer o investimento, novos custos e como as operações serão importadas para a nova unidade. Além disso, é preciso saber se o contrato social do empreendimento permite esse tipo de operação. Em caso positivo, basta que os sócios apresentem uma requisição de abertura de filial na Junta Comercial do estado no qual a empresa sede está presente.

Se o contrato social não permite que uma filial seja aberta, então, é necessário realizar uma alteração e, logo em seguida, efetuar o procedimento de abertura da nova unidade da empresa.

Documentos

Outro fator importante na criação da filial é decidir se ela será aberta no mesmo estado onde está localizada a empresa sede ou em uma unidade federativa distinta. Se o procedimento será feito no mesmo estado de origem, então, os documentos requisitados serão os seguintes:

  • Contrato social com autorização de criação da filial assinado por ambos os donos da matriz;
  • Requerimento de arquivamento;
  • Ficha de Cadastro Nacional (FCN);
  • Comprovante de pagamento das taxas referentes ao serviço.

No caso de uma filial em um estado diferente daquele no qual está localizada a sede, o procedimento passa a ser duplo. A entrega dos documentos deve ser feita tanto no estado de origem da empresa como na unidade federativa escolhida para abrir uma filial. Os mesmos documentos citados acima serão entregues nos dois estados, sendo que no estado onde a filial será aberta também deverá ser entregue a Certidão da Junta Comercial do estado da matriz.

Dicas para evitar falhas na hora de abrir uma filial

Abaixo seguem algumas dicas básicas que devem ser levadas em consideração para conseguir sucesso na filial:

  • Garantir que a sede está funcionando: abrir uma filial achando que as receitas dobrarão, magicamente, é um erro enorme. É preciso arrumar a casa primeiro, garantir que tudo esteja em ordem na matriz, pois ela é quem vai guiar as demais.
  • Recursos: abrir uma filial sem dinheiro para investir o suficiente ou material humano adequado para tocar o negócio é outro indício de que a filial será um fracasso. Por isso, é preciso fazer as contas e saber exatamente quanto deve ser investido. Profissionais qualificados também são de extrema importância na nova unidade.
  • Estudo de mercado: a filial deve estar estrategicamente localizada. A localização deve levar em consideração se há demanda naquela região em relação aquilo que o negócio oferece. A concorrência na região também deve ser levada em consideração.
  • Planejamento financeiro: é preciso saber exatamente quanto vai custar manter essa nova unidade do negócio. As contas devem fechar, as receitas devem ser suficientes para manter o negócio de pé e gerar mais lucro.

Gálago

Um sistema de automação comercial será necessário para garantir que os setores da nova unidade estejam devidamente integrados, tarefas manuais sejam automatizadas e a gestão do negócio seja otimizada. Por isso, contar com o Gálago é uma dica valiosa. Os mais de 150 relatórios gerenciais fazem do Gálago um completo sistema de automação que auxilia desde o controle de estoque até fluxo de caixa e posições financeiras do negócio.

Para mais informações é só clicar aqui.